ARTIGOS PUBLICADOS NA...

Logo da Agencia Lusa

Agência de Notícias de Portugal


11-10-2006 11:15:00.  Fonte LUSA.    Notícia SIR-8413905
Temas:  comunidades canadá portugal sociedade

Comunidades/Canadá:

Grémio literário vai promover língua portuguesa


Toronto, Canadá, 11 Out (Lusa) - Fundado há dois anos e ainda sem sede física, o primeiro Grémio Literário português no Canadá será lançado oficialmente a 26 de Outubro para promover a língua e cultura lusas.

"Preservar e promover o gosto pela língua portuguesa junto das comunidades de origem portuguesa e dos países lusófonos" no Canadá, são os objectivos da associação, disse à agência Lusa Óscar Monteiro, presidente do Grémio.

Neste quadro, uma das iniciativas que prevê concretizar é a criação de uma biblioteca de autores lusófonos, a que se juntará o apoio a escritores de língua portuguesa em território canadiano, assim como a realização de tertúlias, encontros e palestras.

"O Grémio Literário de Língua Portuguesa vai ser aberto a todos os amantes das letras que residam de costa a costa do Canadá, não apenas a escritores, mas também professores, jornalistas, articulistas", realçou.

Embora ainda sem sede física, o grémio vai ficar localizado em Toronto, devendo no curto prazo os seus dirigentes debater a forma de alargar as actividades a outras cidades canadianas onde existem grandes comunidades lusas, como Montreal e Vancouver.

O mesmo responsável frisou que só após o lançamento público do grémio se irão procurar apoios e patrocínios, pretendendo designamente obter ajuda do Instituto Camões, em Portugal.

Fundado a 07 de Dezembro de 2004 por quatro personalidades luso-canadianas - Óscar Monteiro, Ricardo Castro Lopo, José Carlos Teixeira e Manuel Louro -, só agora Grémio Literário de Língua Portuguesa irá ser lançado publicamente, c om uma apresentação à comunidade no próximo dia 26, no Consulado-Geral de Portugal em Toronto.

As razões do atraso no lançamento deste projecto passam pela necessidad e de elaborar os estatutos e efectuar outros procedimentos, tendo igualmente sido influenciado pela doença de um dos membros fundadores.

Óscar Monteiro, José Carlos Teixeira e Manuel Louro são professores em universidades e liceus no Canadá, enquanto Ricardo Castro Lopo é conselheiro financeiro de uma grande empresa canadiana.

A par do ensino, onde é igualmente director de uma escola de língua portuguesa em Toronto, Óscar Monteiro é igualmente escritor e poeta.

EF.

Lusa/Fim